jusbrasil.com.br
10 de Abril de 2020

O crime organizado no poder

O poder governamental e o crime organizado

cidadania & ativismo em exercicio
há 4 anos

O segundo maior julgamento da historia da justiça brasileira, que julga um dos maiores golpes contra a pátria brasileira e que pode ter sido a causa do maior colapso econômico e politico da historia segue cercado de mistérios expostos e verdades ocultas ainda não reveladas. Um dos golpes mais audaciosos da historia já investigado e descoberto que envolve políticos, grandes empresas, empresários e o crime organizado coloca em questão e duvida a eficacia das instituições governamentais e do Estado Brasileiro.

Embaixo do nariz e diante e a vista de centenas de autoridades politicas e de autoridades da hierarquia das policias brasileiras esse esquema de corrupção, fraudes, sonegação de impostos, organização criminosa e assalto aos cofres e tesouro brasileiro vinha a talvez décadas minando as riquezas brasileiras e degradando e corroendo os serviços básicos públicos e sociais como serviços de saúde, educação, segurança e infra-estrutura.

Apesar de haver autoridades policiais, instituições judiciais e investigativas, apesar de haver leis e justiça, governantes e agentes públicos juramentados e responsáveis por evitar, coibir e reprimir esses crimes somente agora anos e anos depois que os danos, prejuízos foram causados que alguns começam a ser imputados por seus crimes pela justiça brasileira, no entanto, já se nota que suas penas não vão passar de um tapinha na mão, já se nota que as penalidades aplicadas não vão se elevar ao nível da dimensão das gravidades que seus crimes causaram a pátria brasileira, ao seu povo e a economia.


Fonte: ISSUU

2 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Meus avós utilizariam o chavão: "Não adianta chover no molhado", para comentar sobre esse fato.
Crime político?
Crime de corrupção?
Crime de improbidade administrativa? Improbidade secular e hereditária, alimentada, conservada, bem guardada e querida?
Embaixo do nariz de centenas de autoridades e acontece?
Bem desculpem os crédulos e otimistas mas a oportunidade faz o ladrão e onde todo mundo saqueia com direito à impunidade, pra que mexer?
Pelo povo?
Oras, nem o próprio povo se importa com o povo. Quantos milhões de brasileiros desejariam um "lugarzinho" em meio a essa lama toda?
Aqui é o país da "Lei de Gerson", que aliás, aplaudamos porque é a única lei que eu conheço que mesmo sem nunca ter sido, "pegou". E pegou forte, enraizou na cultura ou na falta de cultura do povo.
Temos tudo para ter um país, até o terreno, grande, florido, bonito, com água, sério...nascentes, coisa linda!
Temos um povo que aqui reside e se vira para viver.
Só não conseguimos ainda, construir o país, uma pátria muito amada, cultuada, defendida, observada, vigiada, parte de cada um, mãe de todos...
"Esse Brasil lindo e trigueiro, é meu Brasil Brasileiro, terra de samba e pandeiro".

O gigante dorme e não percebe seus bolsos sendo saqueados. O povo brasileiro anda ocupado demais para prestar atenção ao Brasil.

"As selvas te deram nas noites seus ritmos bárbaros...
Os negros trouxeram de longe reservas de pranto...
Os brancos falaram de amor em suas canções...
E dessa mistura de vozes nasceu o teu canto...

Brasil, minha voz enternecida , já dourou os teus brasões
Na expressão mais comovida das mais ardentes canções...

No céu!

No mar!

Na terra!

Canta, Brasil !!!" continuar lendo

Em parte tenho que concordar com essa observação tao nociva e enraizada na cultura daqueles que cometem esses crimes embaixo do nariz e a vista de todos, que você expõe sobre:
"Bem desculpem os crédulos e otimistas mas a oportunidade faz o ladrão e onde todo mundo saqueia com direito à impunidade".
Exatamente impunidade instituída pelos legisladores constituintes e observada no pê da letra ou melhor no pê das lei pelos nossos tao honoráveis juízes que tendem a inclinar sempre para o exemplo da impunidade, onde sempre em suas decisões acentuam que o crime realmente compensa, no entanto ate quando ? tira se a oportunidade, impute a punição severa e teremos menos ladroes, a medida que os ladroes entenderem que o crime não compensa ainda que as oportunidades existam eles não correrão os riscos e talvez assim com o medo de serem pegos desistirão de seus crimes. continuar lendo